Sábado, 28 de Novembro de 2009

2º Circuito BTT Terras do Toiro

 

 

 

Depois da participação na Maratona das Cortiçadas de Lavre, desta vez (22-11-09) coube a Samora Correia receber a visita de uma delegação PedrAmarela, para pedalar no 2º Circuito BTT Terras do Toiro, uma organização da Associação Recreativa do Porto Alto (AREPA). Dessa delegação faziam parte: JC, PM e RV.

Este foi mais um evento em que participámos com objectivo de variar um pouco das costumeiras voltinhas de fim-de-semana (geralmente em Sintra) e que cumpria os pressupostos por nós definidos: realizar-se em locais onde ainda não pedalámos, realizar-se perto da nossa área de residência e não ter um grande número de participantes.

A inscrição foi feita por e-mail e rapidamente confirmada pela organização. Custou 16,00€, com almoço incluído. Ofereceram ainda uma t-shirt e outras lembranças. Estavam limitadas a trezentos participantes.

Secretariado rápido e eficiente, no ginásio PHISIC.

  

Briefing

 

RV vai "controlando" o posicionamento do Marco Chagas na partida

 

A partida foi dada com algum atraso, o que é sempre desagradável. O briefing teve alguns problemas de som e foi um bocado desorganizado. Mas, resolvidos esses problemas, até foi dos mais audíveis dos últimos tempos.

O percurso era constituído por um circuito de 38 km, a ser percorrido uma ou duas vezes, consoante se optasse pela meia maratona ou pela maratona. Como de costume escolhemos participar na distância maior (76 km), mas a maioria do pessoal optou por inscrever-se na meia maratona. Desenrolava-se em zona de lezíria. Embora fosse extremamente plano e com um acumulado de subidas ridiculamente baixo, a chuva que caiu forte na véspera, deixou o piso bastante pesado nalguns troços, bem como com algumas grandes poças de lama, que dificultaram bastante a mecânica e o esforço dos participantes. Penso que muitos dos que se inscreveram na maratona, dadas estas dificuldades extra, ficaram-se por uma volta ao circuito.

A marcação do percurso estava muito boa, com recurso a setas e a algumas fitas. Nunca tive dúvidas ou hesitações. Encontravam-se bastantes elementos da organização ao longo do circuito. Os controlos de passagem foram efectivamente feitos, assim como o registo dos tempos de chegada. Todos os cruzamentos com estradas tinham elementos da organização a cortar o trânsito. Zona de meta bem sinalizada e com insuflável.

Embora não tenha parado em nenhum abastecimento, pude constatar serem em número suficiente e razoavelmente abastecidos (águas, sumos, bananas e barras energéticas).

Os banhos foram do melhor que já vi neste tipo de organizações. Tiveram lugar nos balneários do ginásio PHISIC, sem nenhuma confusão, em instalações modernas, limpas e com abundante água quente. Um luxo.

Almoço servido sem tempos de espera e com possibilidade de repetir. Frango guisado com arroz e batata frita. Sopa de caldo verde. Cerveja e Coca-Cola à descrição. Salada de fruta e gelatina para a sobremesa. Café incluído.

A nossa participação saldou-se por um “grande sucesso classificativo”, já que nos posicionámos os três no top 5 da maratona (como o RV já vaticinara ser possível). Ficámos em 2º (PM, 3:34:40), 4º (JC, 3:39:18) e 5º (RV, 3:41:20).

Começo muito rápido em alcatrão. O RV, que estava algo indisposto, voltou a não se dar muito bem com esta rapidez inicial, tendo descolado de mim e do JC. Não gostei muito da primeira volta, pois a concentração inicial dos participantes, aliada ao estado complicado do terreno, tornavam a progressão algo difícil. Tive alguma dificuldade em seguir o JC, que impôs um ritmo muito forte. Numa das primeiras grandes poças de lama, após uma descida, fiquei com a transmissão bastante suja, o que me limitou um bocado, especialmente nas rampas mais inclinadas. No final da volta, numa zona rápida de alcatrão, o JC começou a ter dificuldade em manter o ritmo e foi-se deixando ficar para trás. Aproveitei para tentar alcançar o rapaz que com quem tinha terminado nas Cortiçadas, o que consegui na entrada dos pisos de terra da segunda volta.

Passados alguns quilómetros, como a minha pobre transmissão não parava de ranger, tive de parar para pôr óleo na corrente. Voltei a alcançar o meu companheiro de ocasião, deixo-o para trás e a partir daí pedalei sempre sozinho. Ainda ultrapassei mais dois concorrentes, um deles com a corrente partida. Na descida que antecedia o último abastecimento, ia caindo por causa da lama escorregadia. Esta segunda volta correu-me melhor que a primeira, pois o terreno já estava mais seco e as poças com menos água. Por outro lado, como fui quase sempre sozinho, pude ir ao meu ritmo e escolher melhor os locais de passagem nas zonas de lama. Terminei rápido, a controlar um adversário que tinha ultrapassado e que voltava a estar à vista. O JC e o RV chegaram poucos minutos depois.

Refira-se que achei esta prova bastante dura, já que o terreno embora fosse plano estava bastante pesado. O facto de ter poucas descidas também não permitiu muitos momentos de descontracção, obrigando a um pedalar constante.

 

JC bem-disposto no final, apesar da dureza da prova

 

RV chegando à meta

 

O estado miserável da bike do JC

 

O trio maravilha

 

O meu conta-quilómetros registou os seguintes dados: 80,5 km, 3h34’ de pedal e 22,7 de média de pedal. Terminaram a meia maratona 159 bttistas (entre os quais se encontrava o Marco Chagas) e apenas 20 a maratona.

Era atribuído um troféu apenas ao primeiro classificado de cada prova, incluindo o primeiro veterano. Mas, para azar meu, o vencedor da maratona ainda era mais velho do que eu e abarbatou os dois troféus.

 

Os "toiros" a pastar

 

Apesar da boa organização, do sucesso classificativo e de ter constituído um desafio duro e interessante, não é um terreno muito do meu agrado, pelo que tenho dúvidas que volte a repeti-lo em futuras edições.

 

PM

 

tags:

publicado por pedramarela às 18:08
link do post | comentar | favorito
|

.pedrAmarela BTT


. sobre nós

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Novas Camisolas num dia d...

. 25 de Abril à Chuva

. 10.000 km em Single-Speed...

. SSintra, 26-02-2012

. Sintra - 17-02-2012

. Arrábida - 10-02-2012

. Moinhos da Raimonda - 05-...

. Arruda/Montejunto - 26-01...

. Malveira/Arruda/Sobral - ...

. Malveira/Santa Cruz - 13-...

.arquivos

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds