Sábado, 5 de Fevereiro de 2011

À Conquista do Oeste II - Ericeira - 14/Janeiro

     Como já tinha referido no primeiro capítulo destas crónicas, esta segunda volta da Conquista do Oeste contou já com a companhia do JC.

     Com partida às 8h15 de Tercena, até Igreja Nova seguimos exactamente o mesmo caminho da volta anterior (Massamá, Colaride, Cacém, Carregueira, Serração de Vale de Lobos, Sabugo, Palmeiros, Morelena, Pêro Pinheiro, Montelavar e Cheleiros). Na ligação para Mafra optámos porém por desviar por Alcainça, visto a estrada ser um pouco mais sinuosa e interessante. Fomos sair na Carapinheira, junto à porta vermelha da Tapada Militar.

     Feita a descida para Mafra, seguimos desta vez em direcção à Ericeira, com passagem por Salgados, Sobreiro, Achada e Seixal. Com a abertura da auto-estrada entre Mafra e Ericeira, esta estrada ficou com menos trânsito e mais amiga dos ciclistas.

     Após a Foz do Lizandro, subimos até à Carvoeira e decidimos tentar apanhar uma estrada mais junto ao mar, que tivesse menos trânsito e que nos levasse até às Azenhas do Mar. E foi exactamente isso que fizemos. Antes do Pobral, abandonámos a Nacional 247 (que segue em direcção à Terrugem e ao Lourel) e rumámos à Praia de S. Julião, passando pelas povoações de Baleia e Valbom. A ligação de S. Julião à Assafora inicia-se com uma bela rampa, mas depois entramos em terrenos mais rolantes (embora com tendência de subida).

     Até às Azenhas ainda passamos por A-do-Longo, Arneiro dos Marinheiros, S. João das Lampas e Fontanelas. Toda esta estrada é bastante agradável de fazer e com muito pouco trânsito.

     Passando pela Praia das Maçãs, rumámos depois a Colares onde várias opções se colocavam. Escolhemos fazer a longa ascensão até ao Palácio da Pena, passando pelo Pé da Serra, Cruzamento dos Capuchos e Castelo dos Mouros. Depois foi descer até S. Pedro e Ranholas.

     Em Ranholas, um pequeno engano no caminho a seguir para a Abrunheira, fez-nos percorrer cerca de 1500m no IC19, felizmente sem consequências. E aos anos que eu já não pedalava naquela “bela” via rápida.

     A parte final da volta trouxe-nos por Paiões e Vale Mourão, até à Estrada de Paço-de-Arcos, de onde subimos ainda ao marco geodésico do Cotão para ver as vistas e fazer o segundo momento BTT do dia. Atravessamos a passagem de peões sobre o IC19, junto às bombas da BP, Massamá e casa.

    Grande treino e grande passeio. Apesar de atravessarmos algumas zonas urbanizadas, a maior parte do tempo pedalámos por estradas bem rurais ou secundárias, com excelentes vistas e muito pouco trânsito.

  

Track da volta no Google Earth

 

     Foram os seguintes os dados registados no GPS:

  * Distância 103 Km;

  * V. Máxima 67,8 Km/h;

  * Tempo Deslocamento 5h04';

  * Tempo Parado 5':42";

  * Média Deslocamento 20,4 Km/h;

  * Média Geral 20,0 Km/h;

  * Desnível Acumulado 1810 m;

  * Elevação Máxima 442 m (Pena).

 

     PM


publicado por pedramarela às 21:15
link do post | comentar | favorito
|

.pedrAmarela BTT


. sobre nós

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Novas Camisolas num dia d...

. 25 de Abril à Chuva

. 10.000 km em Single-Speed...

. SSintra, 26-02-2012

. Sintra - 17-02-2012

. Arrábida - 10-02-2012

. Moinhos da Raimonda - 05-...

. Arruda/Montejunto - 26-01...

. Malveira/Arruda/Sobral - ...

. Malveira/Santa Cruz - 13-...

.arquivos

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds