Segunda-feira, 25 de Abril de 2011

Sintra - Ir e Vir a Pedalar - 10/Abr/2011

     Depois de na semana passada termos conseguido, a muito custo, levar o pessoal até à Carregueira, voltou-se mais uma vez a fazer história. Desta feita conseguiu-se a proeza de levar um grupo de nove marmanjos (7 pedras e 2 convidados) a pedalar até Sintra e a regressar da mesma forma.

    Refira-se que desde 2008, raramente me desloco a Sintra sem ser a pedalar a partir de casa. Começou como uma forma de treino para o Serpa 160 e para o Geo-Raid, então na companhia do PF (e ocasionalmente do RV e do ND), e acabou por ficar uma forma habitual de rentabilizar as saídas e puxar um bocado mais pelo cabedal. Nos últimos dois anos o JC também tem aderido sistematicamente a estas pedaladas casa/Sintra/casa.

     Vai-se lá saber porquê, mas o resto da malta não adere a este formato, preferindo ir ter a Sintra de pópó. Nós até temos arranjado uns caminhos alternativos, com passagem por trilhos bem interessantes, mas a adesão é sempre nula.

     Finalmente, após muita insistência e após o JC ter proposto pela enésima vez este passeio, não nos deixaram a falar para o boneco. Provavelmente, a estratégia de arrancar junto a um restaurante de fast food, terá dado resultado.

     Lá conseguimos mostrar ao pessoal alguns dos pequenos oásis de vegetação e ruralidade que ainda vão subsistindo por entre o betão, no caminho até à bela e fresca Serra de Sintra. Não mostrámos todos porque o ritmo, mais uma vez a atirar para o demasiado descontraido (se ninguém tivesse de passar por um café para comer uma bucha, nem era dia), obrigou a atalhar no caminho de vinda.

     Pode ser que daqui a uns anos a malta queira repetir a volta.

Partida em S. Marcos, junto ao Mac.

MA, que veio a pedalar de casa, chega com o cabo do desviador da frente partido. Valeu-lhe o mecânico de serviço.

Para isto estão sempre prontos.

Ao longo da Ribeira de Talaíde, após a Quinta da Estribeira, em Asfamil.

Passagem da Ribeira de Talaíde. No Inverno é um pouco mais complicado (e molhado).

Urbanismo nacional no seu melhor.

Zona de Francos.

Subida de Santa Eufémia. Despachada finalmente em 32x18.

 

Miradouro de "Santa Eufémia da Serra de Cintra".

Um dos convidados, na sua bike old-school, de forqueta rígida.

JC, o mentor da voltinha.

Outro dos convidados, grande adepto das bikes desdobráveis.

Grande poça, entre os muros do Parque da Pena e da Quinta de Vale Flor.

Gusto, no final dos trilhos maravilha.

Subindo para os Capuchos.

Rumo à Peninha.

Vista para a praia do Guincho e para o Cabo Raso.

MM, já com saudades do seu Kaiak.

Ventania ao largo.

MA, hoje já vinha mais animadinho.

FG, nos lindíssimos trilhos da Biscaia.

MA na chegada ao Abano.

Subindo a partir do Guincho, na direcção do marco geodésico do Barril.

Vale de Cavalos.

Pisão.

Antes da Atrozela.

Nova passagem por Asfamil.

Sintra, já bem lá ao fundo de novo.

 

     PM

tags: ,

publicado por pedramarela às 00:08
link do post | comentar | favorito
|

.pedrAmarela BTT

.pesquisar

 

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.posts recentes

. Novas Camisolas num dia d...

. 25 de Abril à Chuva

. 10.000 km em Single-Speed...

. SSintra, 26-02-2012

. Sintra - 17-02-2012

. Arrábida - 10-02-2012

. Moinhos da Raimonda - 05-...

. Arruda/Montejunto - 26-01...

. Malveira/Arruda/Sobral - ...

. Malveira/Santa Cruz - 13-...

.arquivos

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds