Domingo, 5 de Fevereiro de 2012

Moinhos da Raimonda - 05-02-2012

     Não fossem as temperaturas ainda a atirar para o frescote e, tendo em conta o magnífico dia de sol que esteve hoje, nem pareceria que estamos no Inverno.

     Apesar das poças geladas, a temperatura contudo já teve uma subida significativa com a acalmia dos ventos gelados oriundos da Sibéria que sopraram desde sexta.

      Um dos pontos de interesse da minha volta de hoje, foi ter passado na pequena localidade da Raimonda, onde nunca tinha pedalado, situada entre Anços e o Lexim.

     Deixo aqui algumas fotos, mais viradas para a paisagem dada a falta de modelos dispostos a pedalar.

 

Single no Cacém, coberto de geada

 

Poça de lama congelada na Serra da Carregueira

 

Vale da Calada. Ao longe, Monte Funchal, Serra de Monfirre, Monte Rebolo e Serra de Olelas.

 

 

Ribeira dos Tostões e Monte Funchal, vistos a partir de Anços

 

Penedo do Lexim

 

Caminho que conduz ao Penedo do Lexim

 

Raimonda - O Abrigo do Jumento

 

Contraste entre um dos velhos moinhos de vento da Raimonda e os modernos aerogeradores da serra do Funchal

 

 

     PM


publicado por pedramarela às 21:15
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 13 de Fevereiro de 2011

À Conquista do Oeste V - Funchal - 28/Jan.

     Esta volta, sendo à sexta-feira, devia ser fora de estrada. Mas como o tempo estava de chuva, lá resolvemos voltar à estrada, embora numa distância mais curta.

     Desta vez o JC propôs tentarmos uma ligação ao Monte Funchal, a partir de Santo Estevão das Galés.

     Até Almargem do Bispo seguimos pelo já nosso conhecido caminho. O tempo estava incerto e em Vale de Lobos levámos com a primeira carga de água do dia. O que valeu foi que não estava frio.

     Dado o lamaçal que se avistava junto ao Monte Rebolo, pusemos logo de parte a saída de estrada nesse ponto, seguindo antes por alcatrão até à Avessada, de onde ligámos como previsto para o Funchal.

     Como o JC nunca tinha subido até ao topo, demos lá uma saltada. Eu próprio também já não ia lá acima há uns tempitos. A rampa é curta e com um piso excelente, mas inclinadíssima. Daquelas em que a roda da frente teima em querer levantar do chão. Está a 426 m de altitude o marco geodésico do Funchal.

     Visto não ter levado a máquina fotográfica, deixo aqui algumas fotos de arquivo para ilustrar esta serra, sempre presente nas nossas voltas por estas bandas.

 

Vista de Abril de 2004, tirada do Casal do Mucharro.

O vosso escriba a subir a bela da rampa, numa foto de FG, de Abril de 2004.

Esta, pela sua raridade, é já artigo de coleccionador. FG no alto do Funchal, vendo-se o Cabeço de Alcainça e Alcainça.

Descida do Funchal, em Abril de 2004. Foto de FG.

Outro clássico de Abril de 2004. Quando o cromo da foto se esqueceu da carteira no cimo do monte.

Maio de 2004. As Eólicas.

Vistas para as bandas da Malveira. Maio de 2004.

Vista tirada junto ao Monte Rebolo, com umas nuvens ameaçadoras. Março de 2005.

Mais uma raridade. FG e RV descendo o Funchal. Março de 2005.

Março de 2005. Entre Mafra-Gare e Negrais.

Foto tirada do Penedo do Lexim em Julho de 2006, vendo-se antes do Funchal os cabeços da Jarmeleira e de Alcainça.

     Após a descida, fomos ver se a estrada dava para contornar o monte por Oeste e ligar à Quinta das Pegas. Mas a estrada rapidamente deu lugar a um estradão, que acabou por ligar com outro que costumamos fazer quando contornamos o Funchal por Leste e fomos ter a Mafra Gare.

     Ainda levantei a hipótese de irmos ao Penedo do Lexim, mas as nuvens cada vez mais escuras que se iam avolumando sobre as nossas cabeças aconselhavam um regresso rápido. Passando pela Ribeira dos Tostões, rumámos então a Anços, onde entrámos desviando para um estradão que vem de Cheleiros e que tem tanto de bonito como de inclinado.

     Na Pedra Furada e até Pêro Pinheiro, somos brindados com a segunda carga de água do dia, desta vez mais forte e puxada pelo vento que soprava de frente.

     O regresso foi feito a grande velocidade, pelo Sabugo, Belas e Queluz.

 

     Dados GPS:

  * Distância 60,5 Km;

  * V. Máx. 56,1 Km/h;

  * Tempo Desloc. 3h24';

  * Tempo Parado 3':46"';

  * Média Desloc. 17,8 Km/h;

  * Média Geral 17,5 Km/h;

  * Desnível Acomulado 1200 m;

  * Elevação Máxima 415 m (Funchal).

 

     PM


publicado por pedramarela às 21:01
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.pedrAmarela BTT


. sobre nós

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Moinhos da Raimonda - 05-...

. À Conquista do Oeste V - ...

.arquivos

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds