Quinta-feira, 31 de Maio de 2012

Novas Camisolas num dia de BTT do Melhor !

 

Aí está o video do passeio (espectacular) "Volta à Ilha de Sintra" realizado no dia 27 de Maio de 2012. Juntou 11 pedrAs e serviu, não só para o habitual divertimento,como para a apresentação das novas camisolas oficiais. A seguir ao passeio, hove petiscada "à antiga portuguesa". Do melhor. Penso que não exagero, se afirmar que estamos todos gratos à magnífica iniciativa e acolhimento do Jorge Caiado, a quem desejamos uma rápida recuperação. Amigo, brevemente estarás aí nos trilhos a "dar bigodes" ao pessoal !! Abraços. Obrigado também ao nosso Spielberg, Miguel Romão!

 

FG

publicado por pedramarela às 00:10
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Abril de 2012

10.000 km em Single-Speed - 08-Abril-2012

Marco geodésico da Pedra Amarela.

 

    Pois é, como estava longe de imaginar naquele dia 9 de Janeiro de 2009, quando estreei a minha Surly 1x1 numa voltinha até ao Estádio Nacional, que, passados pouco mais de três anos, já levaria 10.000 km a pedalar sem mudanças, pelos terrenos mais variados.

     Nestas 675 horas a pedalar em 32x18, já dei cabo de dois avanços, dois v-brakes, um prato de 32, um carreto de 18, uma corrente, um aro da roda de trás, um cepo da roda de trás, um eixo pedaleiro, vários pneus, vários raios e várias mudas de calços de travão. Mas do que não consegui ainda dar cabo, foi do enorme gozo que me continua a dar o desafio que é pedalar em single-speed.

     A data foi devidamente comemorada com uma voltinha até à Serra de Sintra, cujo principal ponto da "ordem de trabalhos" era uma segunda tentativa de subir ao marco geodésico da Pedra Amarela pelo lado Sul (o lado "dos Homens"). Esse objetivo foi concretizado a 99%, já que, na última curva, ao passar os benditos regos do costume, tive de colocar o pé direito (mas só o direito) no chão durante uns segundos (mas só uns segundos). Já não me lembrava nos últimos tempos de ter a frequência cardiaca tão elevada. Uma autêntica "Via Sacra", ou não estivéssemos na Páscoa.

     Aguardo ansiosamente pelos próximos 10.000 km a pedalar, ora que nem um doido, em grande frequência, nas zona planas, ora à força máxima, nas subidas.

 

Quinta do Pisão, Cascais. A 1x1 a ser devidamente puxada.

    

     PM

tags: ,

publicado por pedramarela às 00:25
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2012

SSintra, 26-02-2012

     Mais uma volta na Serra de Sintra em SS, na companhia do M. Antunes e do Gusto.

     Foram três os ossos duros de roer em 32x18 que se apresentaram ao longo dos cerca de 75 km desta volta. O primeiro,a emblemática subida a partir da barragem da Ribeira da Mula, até ao marco geodésico da Pedra Amarela, foi uma estreia com a 1x1. Apesar dos regos e do piso solto me terem parado a cerca de 20 m do topo, deu para tirar as medidas. O segundo, outra estreia, foi a inclinadíssima rampa da Ulgueira. Finalmente, o terceiro, foi a subida da Tapada dos Canudos.

     Estas voltas com a SS acabam sempre por constituir um desafio aliciante e por ser divertidas. Fico à espera (pelo sim, pelo não, sentado) que os restantes possuidores de bikes sem marchas (como diriam os brazucas) não as deixem a criar pó e as tragam para o monte.

 

Ao longo da Ribeira de Manique

 

Ribeira da Penha Longa

 

Pisão

 

Subida Sul para o marco geodésico da Pedra Amarela, ...

 

... o chamado "lado dos Homens"

 

Penedo de Alvante ao fundo

 

Inclinação upa, upa

 

Marco geodésico da Pedra Amarela (406 metros), ...

 

... no Cabeço da Raposa

 

Decoração Outono/Inverno 2012

 

Vista para o Monge

 

Ursa

 

 

 

 

Fojo da Adraga

 

Praia da Adraga

 

 

 

 

 

 

Estradão que liga a Almoçageme

 

Final da rampa manhosa que nos leva até à Ulgueira

 

Farol do Cabo da Roca ao longe

 

Azulejo junto ao portão de uma casa na Ulgueira. Aviso para a ratalhada.

 

     PM

tags: , , ,

publicado por pedramarela às 23:54
link do post | comentar | favorito
Sábado, 18 de Fevereiro de 2012

Sintra - 17-02-2012

     Algumas fotos da volta que eu, o MAntunes e o Gusto demos na sexta passada.

     Ponto de encontro em Sintra, vindo cada um a pedalar de sua casa.

     Passagem por várias praias: Adraga, Ursa, Abano e Guincho.

 

Adraga

 

 

Ursa

 

 

 

 

 

Subida para a Ulgueira

 

 

Caminho do Rio Touro

 

 

Azoia

 

 

 

 

 

 

 

Abano

 

 

 

Pisão

 

 

Atrozela

 

 

     PM


publicado por pedramarela às 21:31
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 7 de Junho de 2011

Vo(l)ta BTT - Sintra 5 de Junho de 2011


publicado por pedramarela às 00:19
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 25 de Abril de 2011

Sintra - Ir e Vir a Pedalar - 10/Abr/2011

     Depois de na semana passada termos conseguido, a muito custo, levar o pessoal até à Carregueira, voltou-se mais uma vez a fazer história. Desta feita conseguiu-se a proeza de levar um grupo de nove marmanjos (7 pedras e 2 convidados) a pedalar até Sintra e a regressar da mesma forma.

    Refira-se que desde 2008, raramente me desloco a Sintra sem ser a pedalar a partir de casa. Começou como uma forma de treino para o Serpa 160 e para o Geo-Raid, então na companhia do PF (e ocasionalmente do RV e do ND), e acabou por ficar uma forma habitual de rentabilizar as saídas e puxar um bocado mais pelo cabedal. Nos últimos dois anos o JC também tem aderido sistematicamente a estas pedaladas casa/Sintra/casa.

     Vai-se lá saber porquê, mas o resto da malta não adere a este formato, preferindo ir ter a Sintra de pópó. Nós até temos arranjado uns caminhos alternativos, com passagem por trilhos bem interessantes, mas a adesão é sempre nula.

     Finalmente, após muita insistência e após o JC ter proposto pela enésima vez este passeio, não nos deixaram a falar para o boneco. Provavelmente, a estratégia de arrancar junto a um restaurante de fast food, terá dado resultado.

     Lá conseguimos mostrar ao pessoal alguns dos pequenos oásis de vegetação e ruralidade que ainda vão subsistindo por entre o betão, no caminho até à bela e fresca Serra de Sintra. Não mostrámos todos porque o ritmo, mais uma vez a atirar para o demasiado descontraido (se ninguém tivesse de passar por um café para comer uma bucha, nem era dia), obrigou a atalhar no caminho de vinda.

     Pode ser que daqui a uns anos a malta queira repetir a volta.

Partida em S. Marcos, junto ao Mac.

MA, que veio a pedalar de casa, chega com o cabo do desviador da frente partido. Valeu-lhe o mecânico de serviço.

Para isto estão sempre prontos.

Ao longo da Ribeira de Talaíde, após a Quinta da Estribeira, em Asfamil.

Passagem da Ribeira de Talaíde. No Inverno é um pouco mais complicado (e molhado).

Urbanismo nacional no seu melhor.

Zona de Francos.

Subida de Santa Eufémia. Despachada finalmente em 32x18.

 

Miradouro de "Santa Eufémia da Serra de Cintra".

Um dos convidados, na sua bike old-school, de forqueta rígida.

JC, o mentor da voltinha.

Outro dos convidados, grande adepto das bikes desdobráveis.

Grande poça, entre os muros do Parque da Pena e da Quinta de Vale Flor.

Gusto, no final dos trilhos maravilha.

Subindo para os Capuchos.

Rumo à Peninha.

Vista para a praia do Guincho e para o Cabo Raso.

MM, já com saudades do seu Kaiak.

Ventania ao largo.

MA, hoje já vinha mais animadinho.

FG, nos lindíssimos trilhos da Biscaia.

MA na chegada ao Abano.

Subindo a partir do Guincho, na direcção do marco geodésico do Barril.

Vale de Cavalos.

Pisão.

Antes da Atrozela.

Nova passagem por Asfamil.

Sintra, já bem lá ao fundo de novo.

 

     PM

tags: ,

publicado por pedramarela às 00:08
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Março de 2011

7000km SS

 

     Voltinha a solo, comemorativa dos 7000 km da minha Surly 1x1, o que corresponde a 472 horas a pedalar em 32x18, feitos entre 9 de Janeiro de 2009 e 12 de Março de 2011.

     Cerca de 65 km, com passagem, entre outros locais, pela serra da Carregueira, Telhal, Pexiligais, Algueirão, Sacotes (alguém sabe onde fica esta bela localidade?), Lourel, Sintra, Eugaria, Colares, Capuchos, Palácio da Pena, Abrunheira e Paiões.

     Algumas destas fotos, penso que são inéditas para a maioria dos pedras.

 

     PM


publicado por pedramarela às 23:46
link do post | comentar | favorito
Domingo, 6 de Fevereiro de 2011

Reforço do "plantel"

 

O Benfica deixou sair o David Luiz, o Sporting despachou o Liedson, mas nós aqui na pedrAmarela reforçámos a nossa equipa com a entrada oficial do João Agostinho (Gusto). Foi hoje mesmo num passeio na Serra de Sintra, tendo o Gusto cumprido a "formalidade baptismal" de subir à nossa sede social pelo "lado dos homens". E pronto, apesar de já há algum tempo nos dar o prazer da sua companhia, passa a ser "oficialmente" o 31º pedrA. Benvindo !

Lista actualizada de membros da pedrAmarela aqui: http://pedramarela.blogs.sapo.pt/2813.html

 

Quanto ao passeio: foi fixe, sendo que, depois do abandono de alguns emplastros, conseguimos finalmente, eu (FG), o Jepas, o Miguel R e o Gusto, pedalar a um ritmo condicente com a nossa extraordinária capacidade pedalante. Alta velocidade. Os outros nem sabem o que perderam! (toma!)

Passagem em trilhos desconhecidos (alguns um bocado "clandestinos") e alta curtição. Céu azul, sem vento. Que mais se pode querer?

 

 

 

 

o grupo na sede social (marco geodésico da Pedra Amarela) - só falto eu, que fiz a foto

 

 

Boas pedaladas (dessas e das outras)

 

 

FG


publicado por pedramarela às 15:43
link do post | comentar | favorito
Domingo, 26 de Dezembro de 2010

Véspera de Natal na Serra de Sintra

     Como alternativa ao “sempre agradável” programa de estar enfiado num centro comercial apinhado, a fazer as compras de última hora, alguns de nós resolveram passar a manhã da véspera de natal a pedalar na Serra de Sintra.

     Esta volta, que começou no Linhó, teve duas novidades, pelo menos no que me diz respeito. A primeira aconteceu logo no início e foi o termos ido ao miradouro do alto de Santa Eufémia. É curioso como já tinha penado tantas vezes por aquelas rampas acima para “ver a santa” e nunca me tinha dado ao trabalho de subir mais uns metros a penantes para contemplar as magníficas vistas que se têm desse miradouro.

     A subida até Santa Eufémia a partir do Linhó também não é muito usual (é mais comum descermos por aí nos finais de volta), mas até soube bem para aquecer, já que o tempo estava para o frescote.

     Seguimos depois até ao Saldanha, onde nos encontrámos com o Simão e o Pedro Santana que tinham partido mais tarde da Lagoa Azul. Seguiu-se a subida do Monge e a descida de um trilho paralelo à Viúva, com o piso com demasiados calhaus e raízes para o meu gosto. Ligação à Peninha, descida das Turfas, Biscaia, descida até ao Abano e Guincho.

     Após nos termos despedido das visitas, seguimos, eu, o Miguel R. e o Gusto, até Vale de Cavalos, donde fizemos a ligação para o Pisão. Aqui surgiu a segunda novidade. Já perto do sanatório, onde já tinha também passado inúmeras vezes, saímos por um caminho a subir à esquerda, que nos levaria até perto do centro de recuperação de toxicodependentes. É uma excelente alternativa, pois evita a passagem pelo meio do sanatório.

     Finalizámos a volta passando pela Atrozela e Ribeira da Penha Longa (traseiras do autódromo).

     Depois de gastarmos estas calorias todas, encarámos com menos problemas de consciência as iguarias típicas desta quadra festiva.

 

Capela de Santa Eufémia da "Cerra de Cintra".

"Santa Eufemia da Cerra de Cintra...he adevogada de todas a enfermidades do corpo e principalmente da Sarna e do figado e corpos chagados...Anno de 1787."

Cruz do Miradouro de Santa Eufémia.

Serra da Arrábida.

Montejunto na linha do horizonte.

O fotógrafo a fiar-se na santa.

Castelo dos Mouros.

 

  Palácio da Pena.

 

O frondoso bosque do lado poente da capela.

 

 

Seguindo ao longo do muro do Parque da Pena.

Poça entre o muro do Parque da Pena, à direita, e o muro da Quinta de Vale Flor, à esquerda.

Portão da Quinta de Vale Flor.

Árvore caida na subida do Monge.

Turfas.

Biscaia.

Descendo ao longo da Ribeira do Abano.

Ainda bem vísiveis as marcas do último incêndio.

Mistura de lama com cinza.

Praia do Abano.

Ribeira do Abano.

Guincho.

Telefonema de Boas Festas.

Pisão.

Atrozela. Queda de água na Ribeira da Penha Longa.

Ruínas na Ribeira da Penha Longa.

 

     PM

tags:

publicado por pedramarela às 18:50
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 23 de Dezembro de 2010

A Porta Das Traseiras

     Existe um tipo de trilho no qual me dá particular gozo pedalar. São aqueles caminhos que passam nas traseiras das povoações ou que, sendo completamente secundários, de repente nos colocam mesmo no centro de determinado lugarejo, aldeia ou vila. É o tipo de trilho que eu chamo de porta das traseiras.

     Uns atravessam campos ou bosques. Outros são calçadas com piso irregular, gasto e pouca utilização. Outros seguem por entre muros e portões de velhas quintas. Outros ainda passam por hortas, pomares ou fundos de quintal, desembocando numa ruela ou beco.

     Geralmente são caminhos calmos e com pouca utilização, longe do bulício das artérias principais mas onde podemos observar um pouco da vivência diária das populações. Não é raro cruzarmo-nos com alguém nos seus afazeres agrícolas ou domésticos. Também não é raro sermos efusivamente “saudados” por alguns canídeos, termos de andar a fazer gincana por entre galinhas e patos, ou termos de aguardar que passe um rebanho de ovelhas ou cabras.

     Caminhos deste tipo são, entre muitos outros, por exemplo as calçadas de Castelo de Vide, Marvão ou Monsanto. Já aqui na serra de Sintra, o trilho que partindo do Caminho da Boca da Mata, no Penedo, vai sair a Colares, um pouco acima da escola primária. Ainda em Sintra, a Azinhaga do Vale dos Anjos, que faz a ligação entre a Rampa da Pena e Seteais, ou a calçada que, partindo de Galamares, segue depois, por entre muros de quintas, até desembocar junto à igreja e ao posto de turismo de Sintra.

     Tudo isto para dizer que, no passado Domingo, voltámos a um caminho que já estava por nós esquecido há uns mesitos e que se enquadra nesta categoria de porta das traseiras. Este parte do largo de Gigarós (que para quem não sabe é uma povoação situada em plena Serra de Sintra) e segue depois, sempre em single e em descida, através de um característico bosque de sobreiros, até umas decrépitas e escorregadias escadinhas de madeira, que finalmente nos conduzem até junto do lavadouro de Colares. É aliás um caminho que faz parte da nossa volta emblemática, S3K (voltinha em Sintra com 100 km e 3000m de acumulado).

     A volta partiu do Linhó e passou pela barragem da Ribeira da Mula, Pedra Amarela, Peninha, Urca, Penedo, Rio Velho, Gigarós, Colares, Monserrate, Seteais, Azinhaga do Vale dos Anjos, Rampa da Pena, Castelo dos Mouros, Palácio da Pena e Santa Eufémia. Teve cerca de 40 km e 1300m de acumulado, feitos desta vez sem recurso a produtos dopantes (vulgo travesseiros).

Subida do Estradão paralelo ao renovado Trilho das Pontes.

Neve na Serra de Sintra?

Pedra Amarela.

Peninha vista do marco geodésica da Pedra Amarela.

"Independence Day". Penedo do Alvante, barra do Tejo e Serra da Arrábida.

Descida da Pedra Amarela pelo lado Sul.

Abastecimento na Urca.

Ataque às escadinhas de madeira.

Com cuidadinho que os degraus estão podres e escorregadios.

Porta das traseiras de Colares.

Pequena represa.

Lavadouro de Colares.

Estrada Nova da Rainha.

A estrada é a mesma mas tem dois nomes.

Vista para Monserrate e para a Pena.

Com tanta subida, ainda acabamos mas é por deixar lá o coração.

Azinhaga do Vale dos Anjos.

Castelo dos Mouros.

A moirama a subir.

Nome daquele palacete cinzento que fica um pouco abaixo da Pena.

Abastecimento de líquidos.

Subida para Santa Eufémia.

Muro do Parque da Pena.

 

     PM

tags:

publicado por pedramarela às 20:49
link do post | comentar | favorito

.pedrAmarela BTT


. sobre nós

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Novas Camisolas num dia d...

. 10.000 km em Single-Speed...

. SSintra, 26-02-2012

. Sintra - 17-02-2012

. Vo(l)ta BTT - Sintra 5 de...

. Sintra - Ir e Vir a Pedal...

. 7000km SS

. Reforço do "plantel"

. Véspera de Natal na Serra...

. A Porta Das Traseiras

.arquivos

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds