Quinta-feira, 26 de Abril de 2012

25 de Abril à Chuva

     Como por enquanto o 25 de Abril ainda é feriado, lá fomos comemorar a data dando umas valentes pedaladas, com passagem pela Serra da Carregueira, Caneças, Serra de Monfirre, Almargem e Belas. Presentes, para além dos três pedras de serviço (JC, MA e PM), três convidados especiais que vieram abrilhantar esta volta e que esperamos que apareçam mais vezes. Presente também esteve a chuva, que caiu a partiu do meio da manhã, mas que acabou por não nos limitar muito.

 

Serra da Chã, Caneças.

 

 

 

Miguel Suarez com umas rodas maiores que o habitual

 

Outro dos convidados, vindo da Terra da Vera Cruz.

 

 

Descendo para A-dos-Cãos

 

 

 

 

 

O Pedro, o terceiro convidado

 

 

 

Final da manhosa subida que nos leva até Bolores

 

Pedalando ao longo do Parque Eólico de Bolores

 

Serra de Monfirre

 

 

 

 

Alguns problemas mecânicos...

 

...logo aproveitados para o pessoal "dar ao serrote". Bem boas aquelas broas.

 

Descendo a serra debaixo de chuva

 

     PM


publicado por pedramarela às 00:54
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 16 de Abril de 2012

10.000 km em Single-Speed - 08-Abril-2012

Marco geodésico da Pedra Amarela.

 

    Pois é, como estava longe de imaginar naquele dia 9 de Janeiro de 2009, quando estreei a minha Surly 1x1 numa voltinha até ao Estádio Nacional, que, passados pouco mais de três anos, já levaria 10.000 km a pedalar sem mudanças, pelos terrenos mais variados.

     Nestas 675 horas a pedalar em 32x18, já dei cabo de dois avanços, dois v-brakes, um prato de 32, um carreto de 18, uma corrente, um aro da roda de trás, um cepo da roda de trás, um eixo pedaleiro, vários pneus, vários raios e várias mudas de calços de travão. Mas do que não consegui ainda dar cabo, foi do enorme gozo que me continua a dar o desafio que é pedalar em single-speed.

     A data foi devidamente comemorada com uma voltinha até à Serra de Sintra, cujo principal ponto da "ordem de trabalhos" era uma segunda tentativa de subir ao marco geodésico da Pedra Amarela pelo lado Sul (o lado "dos Homens"). Esse objetivo foi concretizado a 99%, já que, na última curva, ao passar os benditos regos do costume, tive de colocar o pé direito (mas só o direito) no chão durante uns segundos (mas só uns segundos). Já não me lembrava nos últimos tempos de ter a frequência cardiaca tão elevada. Uma autêntica "Via Sacra", ou não estivéssemos na Páscoa.

     Aguardo ansiosamente pelos próximos 10.000 km a pedalar, ora que nem um doido, em grande frequência, nas zona planas, ora à força máxima, nas subidas.

 

Quinta do Pisão, Cascais. A 1x1 a ser devidamente puxada.

    

     PM

tags: ,

publicado por pedramarela às 00:25
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2012

SSintra, 26-02-2012

     Mais uma volta na Serra de Sintra em SS, na companhia do M. Antunes e do Gusto.

     Foram três os ossos duros de roer em 32x18 que se apresentaram ao longo dos cerca de 75 km desta volta. O primeiro,a emblemática subida a partir da barragem da Ribeira da Mula, até ao marco geodésico da Pedra Amarela, foi uma estreia com a 1x1. Apesar dos regos e do piso solto me terem parado a cerca de 20 m do topo, deu para tirar as medidas. O segundo, outra estreia, foi a inclinadíssima rampa da Ulgueira. Finalmente, o terceiro, foi a subida da Tapada dos Canudos.

     Estas voltas com a SS acabam sempre por constituir um desafio aliciante e por ser divertidas. Fico à espera (pelo sim, pelo não, sentado) que os restantes possuidores de bikes sem marchas (como diriam os brazucas) não as deixem a criar pó e as tragam para o monte.

 

Ao longo da Ribeira de Manique

 

Ribeira da Penha Longa

 

Pisão

 

Subida Sul para o marco geodésico da Pedra Amarela, ...

 

... o chamado "lado dos Homens"

 

Penedo de Alvante ao fundo

 

Inclinação upa, upa

 

Marco geodésico da Pedra Amarela (406 metros), ...

 

... no Cabeço da Raposa

 

Decoração Outono/Inverno 2012

 

Vista para o Monge

 

Ursa

 

 

 

 

Fojo da Adraga

 

Praia da Adraga

 

 

 

 

 

 

Estradão que liga a Almoçageme

 

Final da rampa manhosa que nos leva até à Ulgueira

 

Farol do Cabo da Roca ao longe

 

Azulejo junto ao portão de uma casa na Ulgueira. Aviso para a ratalhada.

 

     PM

tags: , , ,

publicado por pedramarela às 23:54
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Abril de 2011

Sintra - Ir e Vir a Pedalar - 10/Abr/2011

     Depois de na semana passada termos conseguido, a muito custo, levar o pessoal até à Carregueira, voltou-se mais uma vez a fazer história. Desta feita conseguiu-se a proeza de levar um grupo de nove marmanjos (7 pedras e 2 convidados) a pedalar até Sintra e a regressar da mesma forma.

    Refira-se que desde 2008, raramente me desloco a Sintra sem ser a pedalar a partir de casa. Começou como uma forma de treino para o Serpa 160 e para o Geo-Raid, então na companhia do PF (e ocasionalmente do RV e do ND), e acabou por ficar uma forma habitual de rentabilizar as saídas e puxar um bocado mais pelo cabedal. Nos últimos dois anos o JC também tem aderido sistematicamente a estas pedaladas casa/Sintra/casa.

     Vai-se lá saber porquê, mas o resto da malta não adere a este formato, preferindo ir ter a Sintra de pópó. Nós até temos arranjado uns caminhos alternativos, com passagem por trilhos bem interessantes, mas a adesão é sempre nula.

     Finalmente, após muita insistência e após o JC ter proposto pela enésima vez este passeio, não nos deixaram a falar para o boneco. Provavelmente, a estratégia de arrancar junto a um restaurante de fast food, terá dado resultado.

     Lá conseguimos mostrar ao pessoal alguns dos pequenos oásis de vegetação e ruralidade que ainda vão subsistindo por entre o betão, no caminho até à bela e fresca Serra de Sintra. Não mostrámos todos porque o ritmo, mais uma vez a atirar para o demasiado descontraido (se ninguém tivesse de passar por um café para comer uma bucha, nem era dia), obrigou a atalhar no caminho de vinda.

     Pode ser que daqui a uns anos a malta queira repetir a volta.

Partida em S. Marcos, junto ao Mac.

MA, que veio a pedalar de casa, chega com o cabo do desviador da frente partido. Valeu-lhe o mecânico de serviço.

Para isto estão sempre prontos.

Ao longo da Ribeira de Talaíde, após a Quinta da Estribeira, em Asfamil.

Passagem da Ribeira de Talaíde. No Inverno é um pouco mais complicado (e molhado).

Urbanismo nacional no seu melhor.

Zona de Francos.

Subida de Santa Eufémia. Despachada finalmente em 32x18.

 

Miradouro de "Santa Eufémia da Serra de Cintra".

Um dos convidados, na sua bike old-school, de forqueta rígida.

JC, o mentor da voltinha.

Outro dos convidados, grande adepto das bikes desdobráveis.

Grande poça, entre os muros do Parque da Pena e da Quinta de Vale Flor.

Gusto, no final dos trilhos maravilha.

Subindo para os Capuchos.

Rumo à Peninha.

Vista para a praia do Guincho e para o Cabo Raso.

MM, já com saudades do seu Kaiak.

Ventania ao largo.

MA, hoje já vinha mais animadinho.

FG, nos lindíssimos trilhos da Biscaia.

MA na chegada ao Abano.

Subindo a partir do Guincho, na direcção do marco geodésico do Barril.

Vale de Cavalos.

Pisão.

Antes da Atrozela.

Nova passagem por Asfamil.

Sintra, já bem lá ao fundo de novo.

 

     PM

tags: ,

publicado por pedramarela às 00:08
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 6 de Abril de 2011

Carregueira - 03/Abril - As Fotos

     Não foi fácil arrancar esta malta da hibernação e levá-los até à Carregueira. No entanto, uma raríssima conjugação dos astros lá permitiu este auspicioso acontecimento. Penso que não deram o tempo por mal empregue, numa volta onde este início de Primavera nos brindou com uma explosão de verde.

     Devem ter gostado tanto que já passava da hora de almoço e ainda por lá andavam. É claro que para isso também deve ter contríbuido uma corrente partida, um aro rachado, as incursões cinematográficas de uns, o empeno de outros e um ritmo de pedalada, digamos, descontraidíssimo (para não lhe chamar outra coisa).

     Aqui vos deixo algumas das muitas fotos que tive oportunidade de tirar.

Subida de Massamá para o Alto de Colaride

Alto de Colaride

Anta de Agualva. Monumento Nacional meio abandonado.

Subida junto ao campo do Agualva

Novo caminho lá para as bandas das Lopas

Descida para o Parque das Merendas, em Fitares

Estação de Meleças

Depois queixam-se que partem correntes...

Junto ao muro da Quinta do Malhapão, na Carregueira

Serra de Sintra sempre presente

Corrente partida

Chegada ao Moinho Novo da Mata

Telhal

Recordação do Inverno

MA fulmina o fotógrafo com o olhar por o ter metido nestes trabalhos...

A infame rampa de alcatrão da Cortegaça

Mas vale a pena o sofrimento

Subida para o Casal dos Gosmos

Casal dos Gosmos

Hora da merenda

Lapiás da Pedra Furada - Negrais

Vale da Calada, perto de Almargem do Bispo

Um mar de verde

Subindo o Monte Rebolo

Não podem estar umas horitas a pedalar sem abancar num café...

De quem terá sido a ideia?

Túnel de Belas

Subindo a partir do Belas Clube de Campo

Belas

Quinta da Fonteireira

Bora lá pessoal que não tarda nada está na hora do lanche!

O resultado de 7000 km de SS. Vá lá que deu para chegar a casa.

 

 

PM


publicado por pedramarela às 23:40
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 3 de Abril de 2011

Carregueira-Lapiás_03Abril2011

Bela voltinha saloia de cerca de 60km, com a presença de 6 pedrAs. Bom tempo, mas algum ventinho. Saída de Tercena, com passagem por Colaride, Cacém, Tala, Moinho Novo da Mata, Vale da Calada, Belas e o seu famoso túnel e Queluz. Belos trilhos e muito divertimento! Mais!

 

 

FG

música : Queen e James Taylor


publicado por pedramarela às 01:37
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Março de 2011

7000km SS

 

     Voltinha a solo, comemorativa dos 7000 km da minha Surly 1x1, o que corresponde a 472 horas a pedalar em 32x18, feitos entre 9 de Janeiro de 2009 e 12 de Março de 2011.

     Cerca de 65 km, com passagem, entre outros locais, pela serra da Carregueira, Telhal, Pexiligais, Algueirão, Sacotes (alguém sabe onde fica esta bela localidade?), Lourel, Sintra, Eugaria, Colares, Capuchos, Palácio da Pena, Abrunheira e Paiões.

     Algumas destas fotos, penso que são inéditas para a maioria dos pedras.

 

     PM


publicado por pedramarela às 23:46
link do post | comentar | favorito
Domingo, 16 de Janeiro de 2011

Singletracks de MonSSanto

 

Depois de algum - bem longo... - tempo sem pedalar "fora de  4 paredes", devido às chuvadas e a algumas complicações com gripes, narizes entupidos e etc, lá voltei hoje a ter o prazer de disfrutar da Natureza, aos comandos (simples, sem mudanças, nem suspensões ou travões de disco) da minha Laranjina S (com o upgrade de um selim à maneira... eheheheh) e na companhia de alguns amigos.

O convite partiu do Marco, outro maluco das binas sem mudanças, e juntou também dois companheiros do Montijo: o Mário que já conhecia e o Bruno, que veio pela primeira vez a Monsanto.

 

 


Marco e a sua habitual boa disposição

  

O percurso foi uma repetição do que alguns tinham realizado na semana passada. Excelente volta de cerca de 30km, arquitectada pelo grande conhecedor da zona que é o Rui Algarvio. Chapeau monsieur le peintre!

 

O Parque de Monsanto não pára de nos surpreender e, ainda hoje passei em dois pequenos trilhos que desconhecia, apesar de lá pedalar, correr  ou caminhar há muitos anos... O Mário veio pela segunda vez e voltou a gostar e o Bruno ficou bastante entusiasmado com a zona. Realmente, os milhares de automobilistas que ali passam todos os dias não fazem a mais pequena ideia da maravilha que os rodeia.

 

Para os betetistas é o paraíso, especialmente para aqueles que - como eu -  preferem os trilhos de pé posto ou bastante estreitos, serpenteando por meio de uma vegetação por vezes bem cerrada, que na gíria designamos por singletracks.

 

Por outro lado, é o local indicado para quem usa  bicicletas sem mudanças porque, apesar do constante sobe e desce e de algumas pendentes respeitáveis, não tem subidas longas nem zonas rolantes.

 

 

 

Mário, um estradista que se está a converter ao BTT

 


A volta começou na área de estacionamento junto ao Parque Infantil da Serafina e brindou-nos imediatamente com umas belas subidonas... nada mau para aquecer, pois tínhamos nevoeiro e a temperatura estava frescota.

 

 

Bruno, pela primeira vez em Monsanto, estreando a sua nova bicicleta

 

A sequência e beleza dos trilhos é incrível e os poucos troços em estradão servem apenas para ligar um fantástico conjunto de singletracks como não há em mais nenhum lado (que eu conheça...). Muita malta a pedalar, a caminhar... familias a curtir e até um grupo de pessoas que estavam a jogar paint-ball, uma espécie de "brincar aos cowboys" como eu fazia quando era miúdo, mas mais sofisticado. Enfim, cada um diverte-se como quer, e lá tivémos que desenrascar os homens do paint-ball ajudando-os a reparar uma pequena avaria no equipamento. Valeu a mochila do Marco, onde há de tudo, mas mesmo tudo...

 

 

Marco e os cowboys

 

Não são só eles que têm avarias, o Bruno também teve um furo na roda da frente da sua nova bike. Vida de betetista é mesmo assim, e por isso vamos sempre prevenidos com material para resolver estas e outras contrariedades.

 

 

 

reparando o furo na Scale do Bruno

 

Por acaso, esta paragem forçada ocorreu num dos mais belos trilhos de Monsanto, que contorna uma das muitas pedreiras aqui existentes e de onde foi retirado o material para a reconstrução de Lisboa após o terramoto de 1755. Hoje desactivadas, e com o crescimento da vegetação (de tipo mediterrânico) transformaram-se em belos locais, estando inclusivamente alguns equipados com estruturas para a prática de várias actividades de ar livre (slide, escalada, pontes, etc).

 

 

 

Alpes? Pirenéus? Não, LISBOA !!!

 

Aqui vou eu. Não há RPM que se compare a isto!!!

 

E pronto, mais uma bela manhã de domingo. Esta já ninguém nos tira, venha lá o Cavaco, o Alegre, o FMI ou o raio que os parta! Boas pedaladas (dessas e das outras) !

 

 

FG

tags: ,

publicado por pedramarela às 16:27
link do post | comentar | favorito
Domingo, 12 de Dezembro de 2010

Travesseirada

 

Extraordinário vídeo do Miguel Romão, mostrando uma volta memorável na Serra de Sintra. E que rico final...eheheheheheh

 

FG


publicado por pedramarela às 00:21
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 8 de Dezembro de 2010

Feriado da Imaculada Conceição

     Mais um feriado, mais uma pedaladela a solo.

     Mais um feriado com previsão de chuva, mas depois vai-se a ver e não chove. Chover até chove, mas não durante a manhã. Melhor dizendo, até chove de manhã, mas só começa a cair dez minutos antes de eu chegar a casa.

     Mas quem não arrisca não petisca. E devo ter caido nas boas graças daquela a quem o feriado é dedicado, pois esteve uma manhã bastante agradável para pedalar, sem vento nem frio.

     Já que a companhia para colocar a conversa em dia era escassa, aproveitei para prestar mais atenção a certos pormenores dos locais por onde habitualmente pedalo.

Aberta na direcção de Sintra.

Depois da tempestade...vem o nirvana (é ainda melhor que a bonança).

Santuário de Nossa Senhora da Conceição da Rocha.

A esta hora, só mesmo os devotos do btt é que estão de pé.

Inscrição alusiva à data.

Curva do rio Jamor.

Estrada Velha da Rocha.

Só mesmo um destes para certa malta vir pedalar. E se calhar até tinha de ser uma coisa mais agressiva.

Rio Jamor na zona do Estádio Nacional.

Farol do Esteiro.

Farol da Gibalta por entre o arvoredo.

Pormenor do painel de azulejos setecentista da Capela da Nª. Senhora da Boa Viagem.

Quem não pedala regularmente arrisca-se a fazer esta figura.

Praia da Cruz-Quebrada.

 

     PM

 

 

tags: ,

publicado por pedramarela às 20:56
link do post | comentar | favorito

.pedrAmarela BTT


. sobre nós

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. 25 de Abril à Chuva

. 10.000 km em Single-Speed...

. SSintra, 26-02-2012

. Sintra - Ir e Vir a Pedal...

. Carregueira - 03/Abril - ...

. Carregueira-Lapiás_03Abri...

. 7000km SS

. Singletracks de MonSSanto

. Travesseirada

. Feriado da Imaculada Conc...

.arquivos

. Maio 2012

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds